Notícia 072 • Outubro 2017
  Como escolher o local certo para o seu negócio  

Endereço e estrutura do imóvel podem determinar o futuro da empresa; decisão deve refletir produto, preço e público-alvo, que devem ser analisados também no caso de mudança de ponto.

Se você é um empreendedor em busca do melhor ponto comercial para o seu negócio, muita calma nessa hora. Há uma série de fatores a serem considerados antes de escolher o lugar. Durante o processo de seleção, informações sobre concorrência, perfil do empreendimento, público-alvo e valor do ponto devem ser bem estudadas para encontrar o local ideal.

Para o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), a escolha deve contemplar a coerência entre os conhecidos quatro "Ps" do marketing: ponto, produto, preço e propaganda. Se o ambiente escolhido não for compatível com o posicionamento do produto, por exemplo, pode comprometer as vendas. Um aluguel alto também vai pesar negativamente sobre o preço, geralmente abreviando a longevidade do negócio.

O Sebrae oferece cinco tipos de análises e um questionário de avaliação do ponto para o empreendedor nortear sua busca, além da orientação de analistas. "Primeiro, o empreendedor deve analisar sua própria empresa e o mercado, pensando no perfil de cliente, na facilidade de acesso e no fluxo no ponto escolhido", orienta Luciani Matielo, analista de negócios do Sebrae.

Além de verificar a concorrência, que pode ser saudável dependendo do tipo de negócio, é importante checar a acessibilidade do imóvel. Quem é o cliente? Ele consegue ir a pé ou apenas de carro? Como é o tráfego da rua? Ela é iluminada? O estacionamento é necessário? O ponto tem visibilidade para quem passa de carro? "O empresário que vai trabalhar com público da terceira idade, por exemplo, não pode escolher um local com muitas barreiras ou escadas. É importante focar as demandas do público-alvo, ao invés de lidar com obstáculos em função de um imóvel mal localizado", pondera Luciani.

Para você acertar sempre

1. Não se empolgue logo de cara

2. Conheça bem seu público-alvo

3. Avalie cuidadosamente a região

4. Analise o mercado por quarteirão

5. Pesquise a concorrência

6. Considere acesso, visibilidade, iluminação e barreiras geográficas

7. Avalie se o aspecto corresponde ao seu tipo de negócio

8. Detalhe custo de eventual reforma

9. Evite custos fixos elevados

Fonte: DCI-Silvana_Nuti

 
Tel.: (11) 3150-0927 • www.awpcontabil.com.br
Layout: HR Design
Se você não deseja mais receber nossas NewsLetters, cancele seu recebimento, Clique Aqui